Mensagens

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Refletindo a Fé com a Oração do Pai-Nosso !

- Não posso dizer: "Pai": se não demonstro minha relação de filho;
- Não posso dizer:"nosso": se vivo num compartimento espiritual de onde nada sai e nada penetra, se penso que no céu está reservado um lugar para minha denominação e para mim;
- Não posso dizer: "que estás no céu": se estou tão ocupado com a terra que não ajunto tesouros lá;
-Não posso dizer: "Santificado seja o Teu nome": se eu, que sou chamado pelo Teu nome, não sou santo;
- Não posso dizer: "venha o Teu reino": se não me preparo para entrar nele;
- Nao posso dizer: "seja feita a Tua vontade": se eu estou discutindo, resistindo e sou desobediente à Sua vontade para comigo;
- Não posso dizer: "assim na terra como no céu": se eu não estou preocupado para dedicar minha vida ao seu serviço;
- Não posso dizer: "o pão nosso de cada dia nos dai hoje": se estou vivendo da experiência do passado, ou se não quero depender de Deus;
- Não posso dizer: "perdoa-nos as nossas dividas assim como nós perdoamos aos nossos devedores": se guardo rancor contra alguém, não penso em perdoar, mas só em me vingar;
- Não posso dizer: "não nos deixe cair em tentação": se eu de livre e espontânea vontade me lanço ao pecado ou fico onde provavelmente poderei ser tentado;
- Não posso dizer: "livrai-nos do mal": se nem sei que o mal não são as pessoas, mas sim seres espirituais da maldade, e se não estou preparado para entrar na batalha espiritual com a arma da oração;
- Não posso dizer: "Teu é o reino": se não concedo ao Rei a obediência de um sudito fiel;
- Não posso dizer: "Teu é o poder": se temo o que os homens me possam fazer, ou o que os vizinhos possam pensar de mim;
- não posso dizer: "Tua é a glória": se estou procurando a minha própria glória;
- Não posso dizer: "para sempre": se meu horizonte está limitado pelas coisas do tempo;
- Não posso dizer: "AMEM": se eu também não acrescentar "CUSTE O QUE CUSTAR "vou viver dessa maneira, pois estou fazendo esta oração honestamente e não da boca pra fora.

Nenhum comentário: